Quinta-feira, 9 de fevereiro de 2023
Balneário Camboriú

Município de Itajaí inicia implantação do novo estacionamento rotativo

O Município de Itajaí deu início à implantação do novo sistema de estacionamento rotativo. Os parquímetros e a sinalização de áreas e vagas começaram a ser instalados nesta semana. Ao todo, serão 4.807 vagas regulamentadas em diversos pontos da cidade. A previsão é que o sistema já comece a operar no início do mês de fevereiro com a zona azul. A retomada garantirá um serviço mais moderno e eficaz, além de atender às demandas da comunidade e dos lojistas no Centro e bairros.

“Neste momento estamos retirando os parquímetros antigos e instalando os novos, bem como realizando a pintura de faixas e a sinalização vertical e horizontal. Esperamos dar início a operação da zona azul no começo de fevereiro”, explica o secretário municipal de Segurança Pública interino, Marcelo Luiz Szynkaruk Júnior.

A retomada do estacionamento rotativo no Município de Itajaí foi uma solicitação da comunidade e dos lojistas por conta da necessidade da rotatividade das vagas, especialmente na região central da cidade. A proposta também acompanha a revolução na mobilidade urbana com as mudanças no trânsito de Itajaí e o movimento das grandes cidades em regulamentar as vagas em atenção ao crescimento populacional e do número de carros.

“O novo estacionamento rotativo de Itajaí vai democratizar o estacionamento, facilitando muito a vida da população que precisa utilizar as vagas, principalmente no Centro da cidade, oferecendo ainda novas opções de pagamento e um sistema mais moderno e eficiente. Além disso, por ser uma prestação de serviço agora todo dinheiro arrecadado será revertido para melhorias no trânsito da cidade”, destaca o secretário interino.

Como vai funcionar o novo estacionamento rotativo

O novo estacionamento rotativo de Itajaí será colocado em prática em duas etapas. Nesta primeira fase, serão implantadas mais de 2.300 vagas relativas ao “Setor Azul”. Já a segunda etapa vai contemplar os bairros com mais de 2.400 vagas de menor duração destinadas ao “Setor Verde”

O serviço de regulamentação do estacionamento rotativo estará disponível em aplicativos de smartphone, em máquinas de pagamento, similares às de cartão de crédito, nos estabelecimentos comerciais e em 63 parquímetros, nesta primeira etapa. O novo modelo também vai aceitar cartão recarregável, cartões de crédito e débito, dinheiro, moedas e Pix.

A fiscalização do estacionamento será feita pelos agentes de trânsito da Codetran e pelos guardas municipais. Os servidores terão auxílio de um sistema eletrônico de leitura de placas e de vagas georreferenciadas.

Novos valores

Os novos valores do estacionamento rotativo também já foram estabelecidos. Os preços foram definidos após estudo realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação. O levantamento considerou a inflação no período de 2008 a 2022 para atualização das tarifas, bem como a equivalência com a tarifa do Transporte Público Coletivo Urbano de Itajaí e pesquisa realizada sobre tarifas de estacionamentos privados no Centro da cidade.

Conforme o decreto 12.829/2023, as tarifas a serem pagas pelos usuários da zona azul compreenderão períodos de até duas horas de permanência na vaga, de acordo com o estabelecido na sinalização. As tarifas iniciam no valor de R$ 1,00 para ocupação da vaga por até 15 minutos e vão até o máximo de R$ 7,00 para ocupação da vaga por até duas horas, no setor azul, e até quatro horas, no setor verde.

“Uma das facilidades desse novo sistema é que caso o usuário não utilize todo tempo pago na vaga, é possível encerrar a ocupação via aplicativo e receber o restante do dinheiro de volta em crédito”, comenta Marcelo Luiz Szynkaruk Júnior.

Haverá ainda tolerância de 15 minutos para ocupação das vagas, com a cobrança da tarifa a partir do 16º minuto estacionado. O horário da zona azul ficará vigente das 8h às 18h de segunda a sexta-feira, e das 9h às 13h nos finais de semana, ficando isento nos domingos e feriados.

O condutor que não efetuar o pagamento do estacionamento rotativo ou descumprir o tempo de ocupação de vagas está sujeito a multa grave e até o recolhimento do veículo. Atualmente, não existe mais o sistema de regularização do estacionamento, ou seja, não existe mais a possibilidade de pagar uma taxa após descumprir a norma e deixar de ser penalizado, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro e por conta de decisão judicial que proíbe a regularização.