Terça-feira, 29 de novembro de 2022
Balneário Camboriú

Emílio Dalçoquio é considerado como líder de manifestações em SC; Aponta relatório da PRF

O nome do empresário Emílio Dalçoquio Neto aparece como um dos líderes das manifestações que bloquearam as rodovias em Santa Catarina, logo depois do resultado das Eleições presidenciais. Isto é o que aponta o relatório feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e enviado ao Supremo Tribunal Federal.

As investigações identificaram que no mesmo dia do segundo turno, 30 de outrubro, Dalçoquio teria sido gravado discursando para um grupo de bolsonaristas. No vídeo, ele pediu para que a mensagem fosse compartilhada em grupos de Whatsapp, após convocar as pessoas para os protestos “inicialmente pacíficos”.

Somente em Santa Catarina foram registrados quase 70 pontos simultâneos nas estradas, com grupos questionando o resultado das urnas.

Ainda no documento da PRF, constam informações de identificação e multas de 40 pessoas físicas e 10 empresas por organizarem os atos.

No mesmo ofício, além do empresário de Itajaí, outras 22 pessoas são citadas como “lideranças que dos movimentos”.

O empresário Emílio Dalçoquio não se manifestou oficialmente, mas deixou clara a opinião nas redes sociais.

“Meu posicionamento político é conhecido e claramente definido e, assim, dentro da estrita legalidade, sempre me expressarei para apoiar e defender a democracia, o estado democrático de direito e as liberdades individuais e coletivas previstas na Constituição do Brasil”, disse.