Quarta-feira, 7 de dezembro de 2022
Balneário Camboriú

Baile da Realeza premia o rei e a rainha 60+ de BC

Com o objetivo de valorizar as pessoas 60+ que vivem no município, a Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, por meio da Secretaria da Pessoa Idosa, promoveu na noite desta terça-feira (04), no Complexo Turístico Cristo Luz, o Baile da Realeza 2022, evento que premiou o rei e a rainha 60+ de Balneário Camboriú.

Cerca de mil pessoas lotaram o Cristo Luz, prestigiando e torcendo para os 32 participantes que concorreram ao título de rei, rainha, 1º príncipe e 1ª princesa 60+. Os jurados deram notas nos quesitos beleza, simpatia e desenvoltura. No final, os coroados foram Paulo do Amaral Ferreira, o rei, e Olga Feliciano, a rainha.

Seu Paulo, é natural de Porto Alegre (RS), vive em Balneário Camboriú há dois anos. Ele conta que no último concurso foi eleito o 1º príncipe, e agora como rei irá representar bem o público 60+ da cidade. “Fui muito bem aceito pela população em geral. Me aplaudiram muito e meu coração quase explodiu de emoção. Estou muito feliz”, descreve.

A também gaúcha, dona Olga, conta que vive em Balneário Camboriú há 21 anos. Ela diz que desde que fez 60 anos participa das oficinas promovidas pela Secretaria da Pessoa Idosa, além de ser voluntária em artesanatos e cortes de cabelo. Para ela, ganhar o título de rainha 60+ foi uma experiência emocionante e gratificante. “Me sinto imensamente agradecida. A gente nessa idade ganhar esse título é muito bom”, comenta.

Para a elaboração do Baile da Realeza, foram dias intensos de trabalhos para dar o melhor aos participantes, é o que comenta a secretária da Pessoa Idosa, Juliethe Nitz. “Nós fizemos um chamamento público para termos as empresas colaboradoras, para enfim, fazermos da melhor forma possível.”

A secretária menciona que algumas das participantes desejavam ser miss ou participar de um concurso de beleza, e puderam realizar esse sonho no Baile da Realeza. Além do sonho de disputar um título de beleza, Juliethe conta que a Secretaria da Pessoa Idosa também proporcionou a realização do sonho de Mônica Kfouri, moradora de Balneário Camboriú, que descobriu o dom para a música durante o isolamento social da pandêmia de COVID-19, e por isso sonhava em fazer um show de música para um grande público. “A Secretaria da Pessoa Idosa é mais do que um lugar que oferece oficinas ou eventos. É espaço para que o público 60+ saiba que a vida não parou ali, e que mesmo aposentados eles podem continuar sonhando”, pontua.

O Baile da Realeza faz parte da programação da Semana da Pessoa Idosa, que conta com atividades físicas, gincanas e eventos voltados para o público 60+.