Segunda-feira, 3 de outubro de 2022
Balneário Camboriú

Floripa Mais Tec vai formar jovens e adultos para o setor de TI

Mais de 15 mil jovens e adultos da Grande Florianópolis devem ser sensibilizados por meio do Floripa Mais Tec, que irá garantir formações gratuitas voltadas ao setor de tecnologia da informação. O programa, lançado nesta segunda-feira (29) no Sebrae Hub, visa estimular a formação de novos profissionais para a área de TI, setor que apresenta crescente demanda. A iniciativa é da Prefeitura de Florianópolis em parceria com o Senai/Fiesc, o Sebrae/SC e a Acate. A próxima etapa do programa será no dia 24 de setembro, no Aulão do Futuro, em que são esperadas mais de 3.500 pessoas para acompanharem os profissionais renomados do setor de tecnologia que irão detalhar as oportunidades e particularidades de cada uma das nove trilhas de formação que serão disponibilizadas.

Interessado em participar? Acesse e inscreva-se. https://floripamaistec.pmf.sc.gov.br/ 

Prefeito da Capital, Topázio Neto afirmou que “é um sonho poder lançar um programa como este, conectado a uma geração cheia de talentos, para uma cidade tão tecnológica quanto Florianópolis”. Para ele, o setor de tecnologia carece também de atrair novos talentos, por isso, sensibilizar as famílias é um passo importante nesta caminhada rumo à qualificação dos jovens. “Muitos pais não sabem que profissões são essas que existem na área de tecnologia. Queremos trazer as famílias para que apoiem este jovem ao longo da jornada”, salientou, informando que no dia 24 de setembro ocorre o primeiro aulão do programa, na sede da FIESC.

“Este é um marco importante para nós, porque a partir de agora os parceiros mergulharão conosco na educação da Capital e vão transformar a realidade de milhares de alunos”, complementou o secretário de Educação da Capital, Maurício Fernandes.

O secretário de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Florianópolis, Juliano Pires, destaca que o programa deve preparar os jovens para que se apropriem dos recursos tecnológicos, o que automaticamente garantirá melhores oportunidades de trabalho para estes alunos e atenderá a alta demanda da Capital.

Para o diretor-regional do Senai/SC, Fabrizio Machado Pereira, a oferta de um programa gratuito e robusto como este que foi construído com a Prefeitura deve se tornar referência. “Queremos que isso vire uma experiência para o Brasil e que aqueles 3,5 mil alunos que estarão no aulão do dia 24 permaneçam conosco até o final do programa. Por isso, precisamos ser muito assertivos nas trilhas de aprendizagem de cada um destes estudantes. Além disso, nosso objetivo é nos tornar uma referência na formação para o setor de TI. Já atendemos mais de 25 mil alunos por meio do Centro de Educação Digital do Senai”, frisou o diretor.

Luc Pinheiro, diretor-técnico do Sebrae/SC, comentou a importância de seguir formando também empreendedores neste setor. “O papel do Sebrae está na formação de empreendedores, para que cada um destes jovens possa enxergar quando entrar neste processo que ele é o ‘senhor’ da carreira e que a primeira empresa que ele tem para administrar é a própria vida. Nosso objetivo é incutir nestes jovens este olhar empreendedor e potencializar aquilo que eles já são”, afirmou.

O vice-presidente de Talentos da Acate, Moacir Antônio Marafon, destacou que a iniciativa é importante não apenas para suprir a demanda de profissionais no setor. “Florianópolis é a cidade do Brasil com o maior número de empreendedores por mil habitantes. Cada empresa tem em média três a cinco executivos empreendedores. Não param de surgir e de crescer startups”, disse.