(Foto: Celso Peixoto)

MP questiona protocolo de combate a pandemia de Balneário Camboriú

A prefeitura de Balneário Camboriú vai começar a aplicar um novo protocolo de tratamento para pacientes que estão na fase inicial do Coronavírus. Esse protocolo inclui a aplicação de testagens em massa, avaliação médica, coleta de exames de idosos e a implantação da plataforma Coronadados. De acordo com o prefeito Fabrício Oliveira, os trabalhos devem começar já nesta semana, com testagens no bairro dos Municípios.

O problema é que o protocolo prevê também a distribuição de medicamentos como a Azitromicina, Invermectina, Vit D e Zinco, os quais não possuem eficácia comprovada no combate a Covid-19. Por isso, o Ministério Público questionou a mudança de critérios e disse que o novo protocolo infringe regras éticas e científicas e tem influência política e religiosa, já que esse pacote de medicamentos é defendido pelo pastor da igreja que Fabrício frequenta.

A adoção desses  medicamentos como forma de combate a pandemia também fez com que três médicos saíssem do comitê municipal de enfrentamento ao Coronavírus. Entre eles está a ex-presidente do comitê, Rosalie Knoll.

Em nota, a prefeitura de Balneário Camboriú disse que os medicamentos serão usados para reduzir os internamentos na rede de saúde e assim evitar um colapso e que “a politização de temas como esse, dando contornos religiosos neste momento do debate é uma afronta à inteligência e reforçam valores minúsculos, medíocres e que sequer merecem”.

Confira este e outros destaques para Balneário Camboriú e região no Pan News dessa terça-feira:

PAN NEWS | 07.07.2020

Luiz Turati traz as principais notícias de Balneário Camboriú e região. Confira! PAN NEWSSegunda à sexta, às 12h20*Canal 11 – TV Aberta*Canal 6 – NET*Canal 15 – CCS*Canal 43.3 – CCS

Posted by Tv Litoral Panorama on Tuesday, July 7, 2020