Quinta-feira, 1 de dezembro de 2022
Balneário Camboriú

Servidores da prefeitura de Balneário Camboriú recebem Auxílio Emergencial irregularmente

Município vai instaurar um processo para investigar o caso.

Um relatório publicado pelo Tribunal de Contas do Estado apontou que mais de 4700 servidores públicos de Santa Catarina estão recendo o Auxílio Emergencial irregularmente. Destes, mais de 100 trabalham na prefeitura de Balneário Camboriú.

Entre os citados, estão guardas municipais, guardas patrimoniais, fiscais de postura e agentes de endemias, além de um cirurgião dentista e um médico que trabalha 40 horas semanais e recebe um salário de R$ 23.800,00. Os nomes podem ser conferidos no portal da transparência do município.

O Auxílio Emergencial é um benefício concedido pelo Governo Federal durante a pandemia de Cornavírus a pessoas que não tenham emprego formal ativo. Para ser contemplado, é preciso ter uma renda familiar per capta de, no máximo, R$ 522,00 ou uma renda total menor a R$ 3115,00 mensais.

A prefeitura de Balneário Camboriú irá instaurar um processo administrativo para apurar as irregularidades.

Confira este e outros destaques para Balneário Camboriú e região no Pan News dessa quarta-feira:

https://www.facebook.com/TvLitoralPanorama/videos/1561044897402378/