Polícia Federal cumpre mandados na casa de empresário catarinense

A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira, 27, mandados de busca e apreensão nas casas do empresário Luciano Hang, do ex-deputado federal Roberto Jefferson, dos blogueiros Allan dos Santos e Winston Lima e de outros ativistas do governo Bolsonaro. A ação faz parte do inquérito do Supremo Tribunal Federal, que apura a produção de notícias falsas e a ameaças aos ministros da Corte.

No início da semana Hang já havia sido condenado pelo juiz Mauro Iuji Fukumoto, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas, a pagar uma indenização de R$ 20,9 mil reais ao reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, depois da divulgação de uma fake news contra mesmo.

Na manhã de hoje, a Polícia Federal esteve nos imóveis do empresário, em Balneário Camboriú e Brusque, e na sede das Lojas Havan, também em Brusque. Celulares e computadores de Luciano foram apreendidos.

Em uma live realizada em suas redes sociais, Luciano Hang negou as acusações e disse que os seus aparelhos eletrônicos só provarão que ele é inocente. “Sei o quanto é importante a independência dos poderes, que tenham autonomia. O que eu penso coloco, nas minhas redes sociais. Jamais atentei contra ministro ou contra o STF. Isso vai estar provado no meu celular”, afirmou. Confira o vídeo na íntegra:

Inquérito das Fake News.

Posted by Luciano Hang on Wednesday, May 27, 2020

O empresário deve ser chamado para prestar depoimento em breve.